quinta-feira, 28 de junho de 2012

CULTIVO DO ABACAXI


Veja abaixo algumas sugestões para o cultivo do abacaxi: Como cultivar abacaxi:
Planta tropical, o abacaxi é sensível às geadas, preferindo as regiões com temperatura média anual, mais adequada, em média de 24ºC (limites em 21ºC e 32ºC). A planta necessita temperaturas altas (29-30ºC) para produção de raízes e folhas.
O sistema radicular do abacaxizeiro é relativamente superficial e frágil (só explora a profundidade de 15 a 20 cm do solo). Solos de textura argilo-arenosa, com boa drenagem, planos ou ondulados são ideais para o cultivo do abacaxi.
O pH ideal está na faixa 4,5 a 5,5. Aeração e drenagem são fatores importantes na seleção da área para a cultura, pois a planta não tolera encharcamento.
O terreno, para plantio do abacaxi, deve ser preparado com covas rasas abertas com enxadão. O espaçamento oscila de acordo com as condições de clima, solo e destino da produção.
Para industrialização, sugere-se linhas duplas de 45 cm de afastamento entre si, 30 cm entre as plantas nas linhas, com as plantas disposta triangularmente (quincôncio), uma em cada canto e uma ao centro. As ruas entre as linhas duplas devem ter 90 cm de largura.
O espaçamento deve ser 40 x 40 cm nas linhas duplas, também em quincôncio, se a cultura destina-se ao mercado de frutas frescas, com intervalo de 120 cm para as ruas, entre as linhas duplas.
O abacaxizeiro é propagado com mudas extraidas de plantas que já produziram a fruta. São elas: Rebentão: formado a partir de gemas localizadas no talo da planta, e que produz um novo fruto após 12 a 18 meses de plantio -Filhote: originado de gemas localizadas no pendúnculo da fruta, e frutifica de 18 a 24 meses após o plantio - Coroa: roseta de folhas situada na parte superior do fruto, com ciclo superior a 24 meses.
A muda deve ser originada de plantas sadias, vigorosas, de boa produção e tamanho uniforme (Não abaixo de 25 cm de comprimento). No ato do plantio, as mudas devem ser separadas por tamanho e tipo.
Deve-se fazer a calagem de acordo com resultado da análise do solo. Fazer adubação com matéria orgânica no sulco de plantio, adicionando 20 Kg de esterco de curral ou 4 Kg de torta de mamona por 10 m lineares de sulco.
É lento o crescimento inicial do abacaxi, e por isso compete muito com as ervas daninhas. O produtor deverá ter forte empenho no combate à essas plantas, nos primeiros 6 meses, com controle feito à base de herbicidas e carpinas constantes.
É possível antecipar o início da floração e a colheita através da aplicação de substâncias químicas na roseta foliar. O método chama-se indução floral e permite ao produtor estabelecer a época da colheita, uniformizar a produção e reduzir o ciclo da cultura. Assim, o produtor barateia os tratamentos fitossanitários e a colheita.
Outro método utilizado é o atraso na maturação, que é prolongar o período de desenvolvimento da fruta para aumentar o peso e o tamanho da coroa, melhorando o aspecto da fruta. Após 6 a 8 meses da indução floral, os frutos podem ser colhidos, mas sofre alguma variedade quanto à forma como foi plantado. Se foi utilizado os rebentões, a colheita será de março e abril. Os filhotes plantados de dezembro a fevereiro serão submetidos à indução floral no período de março a julho do ano posterior, e vão produzir nos meses de outubro a março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário